quarta-feira, novembro 21, 2007

Vida

Mário Quintana em Caderno H

Só a poesia possui as coisas vivas. O resto é necropsia.

Nota posterior: Funcionou como uma profecia: antes do sol cair, em uma Mostra de Literatura Afro-Brasileira, fui abordado pelas coisas vivas que a poesia produz.

* * * *

4 comentários:

Alice disse...

Quintana sabia mesmo o que dizer.... e como dizer.
bjussssss

Márcia Regina Nunes disse...

Mas não é que é messs???? *rsss
Saudade mano. Estou amando a música...posso copias
:]
beijos

Márcia Regina Nunes disse...

descurpa o portugueis hehehee

Janete Cardoso disse...

Como disse o Felipe, "Viver é sentir". Concordo, cada poesia,traz uma nova descoberta... seja de coisas de fora, seja de coisas de dentro...
beijo