sexta-feira, agosto 10, 2007

Demo-cracia

Vox Populi, vox Demo.

* * * *

8 comentários:

Felipe Fanuel disse...

A mesma fórmula se aplica abaixo.

Teo-cracia
Vox Dei, vox Demo. Afinal Teo está longe de ser Theos. Dúvidas? Vide países teocráticos atuais, além, é claro, da famigerada Idade Média.

Alysson Amorim disse...

Felipe,

É inegável que esta sua Vox Dei, vox Demo chega a ser mais demônica que minha Vox Populi, Vox Demo.

Sua fórmula me obriga a lançar um sorriso agradecido para a Vox populi desvirtuada da demo-cracia representativa. Aqui, pelo menos, o fogo arde mais brandamente e o cheiro de enxofre é menos intolerável.

Daniel Bedhung disse...

Boa, boa...
Concordo contigo Alysson.
O pior é que é melhor mesmo a voz do povo ser do diabo do que a dita "voz de deus" como o Felipe falou que tem encarnado em muitos países o puro inferno e as maldades do diabo!

Maya disse...

Democracia burguesa = farsa. E Deus não tem nada a ver com isso, vamos deixar Deus fora da nossa estupidez.

Bjos,

Maya

Mamanunes disse...

É... Se a moçada já aprontava barbaridade com Moisés, quando Deus estavá lá, mais presente que nunca, imagina hoje que não tem nuvenzinha, nem maná, nem água no deserto das almas. Sem refresco. O povo no inferno..."A BOCA FALA DO QUE ESTÁ CHEIO O CORAÇÃO." (Palavra de Deus)
Foi muito legal conh3ecer seu blog. Tenho muito que aprender.
Te deixo um abraço.
Graça e paz!

Dos dois lados do Equador disse...

Vox populi ou voz Dei ou qq outra voz que não esteja em consonância com a Voz que ecooa nos Evangelhos apenas arranha a superfície mas não tem a capacidade de encontrar as entranhas.

Fernanda Passos disse...

Tá bom, tá bom. mas qual é mesmo tua proposta ou teu acreditar?
Ou não acreditas?

Alysson Amorim disse...

DANIEL,

Pois é camarada. Se com a voz precária do povo cometem mil e uma barbaridades, imagina só o que não dá pra fazer com uma suposta voz transcedental.

MAYA,

É uma farsa, mas uma farsa perigosa. Uma farsa que pode se voltar contra a própria burguesia como na história do feitiço e da feiticeira. Lembre-se que na Revolução Francesa a burguesia precisou fazer uma manobra pra modificar o perigoso conceito de cidadania. Criaram a idéia de nação e nacionalidade, naturalmente expulsando o povão da festa democrática.

MAMA,

Agradeço a visita e o carinho.

VANDO,

Perfeito. Vox crística.

FERNANDA,

Agradeço muitíssimo a visita. Acredito que ainda acredito na democracia, apesar de. Como disse acima, me dirigindo a Maya, a democracia traz consigo um potencial que vale ser explorado. Tenho a impressão que há nela pólvora suficiente para dinamitar muita coisa, ainda que não seja a ilha de Manhatan.

Beijos e Abraços.