domingo, julho 08, 2007

Cinco Livros

Recebi um desafio do Lou (da Gruta) de listar os cinco melhores livros que já li. Não tenho no currículo muitas leituras, mas isso não torna a tarefa menos complicada. Vou me limitar a literatura.

1. Irmãos Karamazov, Dostoiveski
2. Crime e Castigo, Dostoievski
3. Os sofrimentos do jovem Werther, Goethe
4. O sol é para todos, Harper Lee
5. Tônio Kroeger, Thomas Mann

Sorte minha que o Dostoievski nasceu e morreu no Dezenove, ou pensariam (os maliciosos) que tenho um caso com o cara.

* * * *

6 comentários:

Janete Cardoso disse...

Já pensou em escrever comédia?
De onde tirei o Alysson sisudo?
beijo

FChagas disse...

Quero saber detalhes do "O sol é para todos, Harper Lee" por favor, entre em contato. Fico grato "camarada!" rsrs

Natália Nunes disse...

hahahaha.
q nada!

eu acredito q haja paixões e amores existenciais, sem acepção de sexo.

é assim o meu caso com a Clarice, amor existencial.
:D

;*

Alysson Amorim disse...

Chagas,

“O sol é para todos” foi o único livro escrito pela norte-americana Harper Lee. Uma obra-prima que foi inclusive adaptada para o cinema na década de 60, em uma película estrelada por Gregory Peck (é verdade que o filme, como acontece muito frequentemente em adaptações, não reflete toda a grandeza presente no livro). O livro é narrado em primeira pessoa por Jean, filha de Aticus, um advogado que defende a causa de um negro injustamente acusado de cometer um delito.

Fique tranquilo. Não se trata daquelas pseudo-literaturas de tribunal. O ponto de vista é de uma criança, e essa é a sacada maior do livro, que deposita extrema confiança no homem e em sua capacidade de construir um estado de coisas melhor (aliás, coisa rara na literatura).

Em uma sentença: um belíssimo tratado sobre a tolerância.

Natália,

Sim. Amor existencial. Obrigado por me salvar. rsrs

Bj.

Anderson Moraes disse...

Puxa, cara. Roubou minhas predileções pelo russo! Vou pensar nos outros três agora...

JOINCANTO disse...

Também devo ter um caso com esse Dostoiévski...