sábado, janeiro 27, 2007

olhar mel

teus pés ligeiros levaram
sei lá pra onde
estes olhos doces que supunha meus.

volta, volta que
teu olhar mel esqueceu
um tênue fio de doçura
no paladar da minha memória.

suficiente para amargar tudo.

* * * *

3 comentários:

Tamara disse...

Perfeito:

"no paladar da minha memória".

Felipe Fanuel disse...

Memória amarga, embora tudo seja doce. Mto criativo!

Janete Cardoso disse...

Incrível como a ausência daqueles que amamos, tira todo o sabor das outras coisas!