sexta-feira, novembro 23, 2007

Volte para o Evangelho!

Conversava com um amigo afastado da Igreja: me dizia que recebe ainda hoje informativos de sua antiga Congregação, com o nome da ex-esposa (ainda) incluso. Chega a ser quase uma piada, seria não fosse tão lamentável: a Igreja, suposta comunidade organizada em torno de laços fraternos, mostra seu íntimo compromisso com um sistema fulminado por relacionamentos artificiais; não companheiros de uma mesma jornada, mas partes opostas de um mesmo contrato, cujo rompimento unilateral conduz a nefastas consequências.

Dizia meu amigo que foi informado destas consequências quando faxinava seu apartamento ao som "profano" de Nando Reis: um vizinho gritou: "volte para o Evangelho!" A consequência, percebam, estava implícita na recomendação evangelística do pio vizinho: meu amigo foi para longe do Evangelho ao romper o contrato com a Igreja S.A.

Afastar-se do Evangelho: seria possível? Não é o Evangelho, acima de tudo, um anúncio, uma notícia? Não é uma notícia a informação de um fato acontecido? O Evangelho é fundamentalmente a Notícia de um fato Bom, não algo que possamos afastar com um gesto qualquer. Não é um cão preso entre as paredes de um Templo Sagrado, é, bem ao contrário, a Boa Notícia de que não existem mais lugares sagrados, porque não existem mais lugares profanos: o espaço é homogêneo, e todo ele - ou quase todo - está prenhe de histórias que narram um Deus cheio de Graça.

Quanto a Igreja, seria ótimo se fosse uma Comunidade onde nos unimos para ouvir, narrar - e melhor, participar de tais histórias.

* * * *

12 comentários:

MamaNunes disse...

SIM SIM SIM pra não dizer YESSSSS!!! (QUE TEM MAIS FORÇA)

MamaNunes disse...

Mano do céu, há pouco saí do blog de uma irmãzinha que desceu a lenha no meu blog. Falou um moooonnnte sobre rebelião, falta humildade, insubordinação a pastores...afffff. Fiquei "tlistinha..."
Amei o termo
Igreja S.A. e lamentei a falta de entendimento da mana, que me é querida... o dó...
Meu irmão, não deixe de me visitar, não desapareça de mim, não me deixe só, preciso de irmãos como você para não pensar que definitivamente estou louca! Penso que aceito os paradigmas de Cristo, que excedem a compreensão.
Sei que o melhor é lixar, pedra com pedra, gente perto de gente prá lapidar o caráter, etc... Mas Deus me trouxe para a floresta (caverna de Elias) e eu ouço suas voz no cicio do vento...
fazer o que?
Tenho saudade da igreja...vez em quando vou à Ibab, ouvir o Ed ou à Betesda, masnem sempre posso.
Obrigada por me visitar
meu querido irmão.
bjk
:]

Júlio Diniz disse...

Alysson, seria cômico se não fosse trágico, ou será o contrário?

Eu ouvia "O Segundo Sol" - Álbum Infernal do Nando Reis - rsrs...
Parece que as pedras clamam mesmo!
Não sei o significado dessa música para o Nando, quanto a mim sempre me remeteu a idéia da Luz,do Um Sol que não se põe, da Uma Verdade não conhecida plenamente que vem, e iluminando a consciência, ofusca paradigmas e "derruba com assombro exemplar" tratados.

Quanto ao mais, eu caminho mesmo ansioso na direção daquela pedrinha branca - enquanto, pela fé, creio que ela também vem em direção a mim - que contém um nome meu que não está contido em mala direta nenhuma! Imagino a sensação que me provocaria ouvir esse nome. Seria como sentir a existência em cada fio de cabelo. Por isso, acho, Deus sabe quantos fios de cabelo tenho eu! Apenas sinto que esse nome deve abarcar toda minha individuação.

E gracias, amigo mio, por la consideración!

"La confesión alívia el alma, pero daña la reputación" - ditado colombiano rsrs

MamaNunes disse...

Olá querido!
Tem um post em solidáriedade ao Lou da "Gruta", lá no koinonia.
Se puder vai lá pegar um button do
Projeto Coração Valente

Agradeço sua generosidade
Paz prá tí
;)

Tuco Egg disse...

Igreja S.A.
Bela definição.

Maya disse...

Putz! Eu ouço Janis Joplin! Não vejo a hora de o vizinho gritar: "Saia do Inferno!"

Ninguém merece!

Aliás, deixo aqui a música "Mercedes Benz", divinamente interpretada por Janis, em homenagem à Teologia da Prosperidade.

Abraços,

Maya

david santos disse...

VEJAM A VERDADE

HÁ TANTO SEGUIDOR DE DEUS,
MAS AMANTE DO DIABO,
QUE NADA FAZ PELO SEU
CORPO INERTE, ALI PROSTRADO.

David Santos

Anderson Moraes disse...

Meu caro,

A igreja tem poucos donos. Se fossem muitos os que têm direito a voz e voto, falaríamos de fato numa S.A., mas isso não ocorre.

Talvez seja melhor chamar de Igreja Ltda.

Maya disse...

Ai, Ben Harper... TDB!

P.S.: Tudo De Bom!!!!

fchagas disse...

Olá, amigo.
Hoje, sei as razões que levaram meu irmão mais velho permitir eu provar de um bom vinho depois que eu estivesse maior.por quê? Ora, a igreja é composta de pessoas em construção e imperfeitas. Essas pessoas transformam-se em pontes. aonde quero chegar com isso. Na igreja há uma relação conjugal, uma vivência não individual, mais conjunta. Crescendo mutuamente. Porém, entendo que todas atividades cristãs partem do coração(interior) de forma individual e nunca do espaço litúrgico.(exterior).

Alysson Amorim disse...

Companheiros,

Agadeço os comentários. Quanto ao seu, Anderson, devo me desculpar: mato todas as aulas de Direito Empresarial: Igreja LTDA é realmente mais apropriado.

Anderson Moraes disse...

Faz muito bem em matar as aulas de Empresarial, são um nojo!