quinta-feira, julho 26, 2007

Fim do terrorismo

Infelizmente não descobri quem é o fulano autor desta ótima charge, que não deixa de ser também uma ótima idéia.

Só temo que a arma falhe. É bem provável que os empresários do setor de armas consigam desenvolver um tecnologia para tal. A morte do nosso amigo seria para os caras uma perda irreparável, algo que poderíamos chamar de um genuíno tiro pela culatra.

* * * *

2 comentários:

Lou Mello disse...

Perfeita! A síntese absoluta e irrevogável.

Felipe Fanuel disse...

hehehe
Fica aqui o meu riso.